19.4.16

INTERPRETAÇÃO

DSC_0122

Vou mergulhar nas palavras que sairam da sua boca
para conseguir sentir toda a sinceridade que você
me jurou estar guardada dentro de você.
Vou olhar para o calendário para contabilizar todo o tempo
que se passou desde que você fez sua promessa de mudança.
Vou escrever para te mostrar que meu coração possivelmente
já se recuperou daquele adeus conturbado que você me deu.

Você já me ouviu dizer ofensas sinceras?
Estou aqui lembrando de cada vez que sonhamos juntos
e idealizamos um caminho bem sucedido...

Você caminhou para longe da nossa história
enquanto eu dei inicio a uma nova performance.
Você caminhou para longe da nossa realidade
enquanto eu continuei com meus pés no chão.
Você se fechou em um mundo imperfeito
enquanto eu me entreguei para a vida.

Não sei o que se esconde por trás dos seus olhos,
mas não sei de devo voltar a me dedicar a descobrir...
Não sei seu ideias e muito menos seus objetivos,
mas me lembro bem de ter sido um objetivo em sua vida...

Eu sei que escrevi uma história imperfeita
e sei também que não coube a mim a obrigação de pelejar sozinho.
Eu sei que descrevi para você todos os meus sentimentos,
mas não consigo entender os porquês de você ter errado
na doce e simples interpretação.