4.4.18

TÃO INTENSO QUANTO ONTEM


"O meu verão terminou
Não sou mais calor
Não sou mais brilho
Não sou mais exagerado"

Que bom que o verão terminou, tudo é mais intenso nessa estação. Se antes era preciso sentir o dobro para se ter certeza de que estava sentindo, agora o sentir pode ser natural, pode ser somente sentir. O exagero nunca esteve em seus olhos. O exagero esteve em quem te exagerou, em quem te negou a simplicidade que não existia no seu verão. Se o seu brilho vinha da estação eu não sei. Só sei que nunca vi seu brilho em excesso e nunca vi seu calor em exagero.

"Troquei de estação
Esfriei meu coração
Segurei minhas palavras
Mergulhei em discrição"

As suas palavras sempre foram sua discrição. Seu compor sempre veio do seu coração. Para que esfriar o sentimentos do coração se você simplesmente só precisava resfriar as suas emoções? Seu coração ainda é calor e, independentemente da estação, suas palavras são as reais descrições do sentir que nunca coube em seu coração.

"Já fui verão
Mas agora sou outono
Sou ameno
Sou menos intenso que ontem."

De fato não é mais verão. Você é outono porque é simples e marcante. Seu olhar é ameno, mas suas palavras jamais devem ser menos intensas que ontem.

Venha interagir comigo pelas redes sociais: