7.6.18

ME TRAGA DE VOLTA

Paciência, por favor, tenha um pouco mais comigo
Ainda estou aprendendo a caminhar
Fui contornar a montanha e caí no buraco
Por vezes não consigo ver o óbvio

Fale diretamente comigo
Não sou bom com sinais
Tanto que acreditei em palavras
E me desviei da estrada

Sei que não é novidade
Sempre fui uma mistura de medo e coragem
Mas você tem que me ajudar a voltar
Perdi o controle, não sei me encontrar

Sei que está aí me olhando
Então me mostre o caminho
E me leve para longe dos espinhos
Pois não sei se consigo voltar sozinho

Caído e ferido
Espero suas mãos
Não tenho asas para voar
Me leve para casa.

30/5/18