CHEIRO DE CACHORRO


Ser pai dá trabalho, já diria meu próprio pai que teve que lidar com a minha adolescência difícil e lida até agora com meu gênio forte, que fez parte do meu crescer ter a figura do meu pai como grande influencia de homem que me tornei hoje. Atualmente ser pai de seis cachorros é a causa que move meu mundo, tanto que já se tornou também um importante passo de desenvolvimento para os meus filhotes, como também para mim como ser humano.

Eu, como homem, não encontrei dificuldade nenhuma em ser pai. É como se eu tivesse me preparado a vida inteira para ser pai de seis. Talvez a vida tenha me favorecido um pouco me dando um coração de manteiga e me ensinando a respeitar cada criação da mãe natureza. Criar, ensinar e proteger meus filhotes se tornou uma das prioridades da minha vida desde 14 de setembro de 2016, quando a Nina deu cria trazendo ao mundo a Maçã, o Mussarela, o Mandume e o Sadan. Desde esse dia tenho aprendido mais sobre amor, respeito, carinho e gratidão, além de ter desenvolvido uma extrema paciência.

Meus seis filhos são bastante diferentes de mim e até agora tenho aprendido a aceitar e a lidar com todas as discrepâncias. Enquanto que nós - humanos - possuímos diversos recursos para expressarmos nossos sentidos e sentimentos, aprendi com eles que não é preciso muito para mostrar ou demonstrar sentimentos de reciprocidade para ter certeza de que sou amado. É como se eu tivesse um total de seis pares de olhos que acompanham cuidadosamente cada expressão do meu rosto e acompanham cada gesto das minhas mãos, além de seis pares de ouvidos que escutam atentamente o timbre da minha voz e a partir daí me devolvem aquilo que eles percebem que estou dando.
 

Quando desfruto dos momentos de passeio na terra, na água e no mato e tento mostrar que não é preciso comer tão rápido, meu peito se enche de alegria por saber que estou dando algo a quem não espera nada além do que posso dar. Meus filhos de quatro patas me salvam de todas as tragédias do dia a dia quando me obrigam a sair da cama para limpar, alimentar e simplesmente dar colo.

Enfim, eu, Tiago Lima, entendo que a relação pai e filhos que cito aqui está ligada ao simples fato de eu entender e ser entendido, de existir uma ligação natural com todos os meus seis filhos.
Vamos conversar?



Infelizmente somente três dos meus filhotes moram comigo atualmente. Os outros três estão com a minha irmã.