APENAS DETALHE

Eu vivi, sorri
Caí, levantei, lutei
Chorei, errei, acertei
Eu fui tudo, fui nada
Mudei de caminho, alternei a estrada
Rompi, segui, deixei partir
Eu criei, escrevi, fotografei
Abracei, soltei, amei
Me desamarrei, acreditei no tempo
Dei tempo, fui tempo
Eu orei, acreditei, desejei
Deixei a água seguir, senti sede
Deixei a poesia tocar, falar
Vi a poesia voar, sendo ignorada
Ignorei, matei, enterrei
Eu fui desespero, alma aprisionada
Em anseios não meus, medo
Eu fui vitima do passado, massacrado
Caí nas armadilhas, falso amor
Fiquei preso, julgado
Na cela, calado
A cruz foi minha morte, mentiras
Ser exposto, foi sorte
A cara foi dada a tapa, humilhação
Enquanto a vida seguia, cilada
Eu me desamarrei, segui
Já que a vida é uma festa, sangue
Eu sou apenas detalhe
.