PARAFRASEANDO TIM MAIA




Azul da Cor do Mar
Tim Maia

Ah! Se o mundo inteiro me pudesse ouvir
Tenho muito pra contar, dizer que aprendi
E na vida a gente tem que entender
Que um nasce pra sofrer enquanto o outro ri

Mas quem sofre sempre tem que procurar
Pelo menos vir achar razão para viver
Ver na vida algum motivo pra sonhar
Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar

Mas quem sofre sempre tem que procurar
Pelo menos vir achar razão para viver
Ver na vida algum motivo pra sonhar
Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar


Retirado do site (www)


Essa música que está na voz do pai da soul music no Brasil, Sebastião Rodrigues Maia ou Tim Maia, me provoca diversos tipos de emoções inexplicáveis. Apresentarei uma simples paráfrase inspirada pela mesma:


Oh! Mundo por que não consegue me notar, por que não consegue me ouvir?
Por tanto tempo guardei tudo para mostrar, guardei tanto pra dizer
Como você sempre cobrou, eu aprendi, eu cresci
Nos tropeços da vida percebi que eu nasci para ser marcado, nasci para sofrer
Os tombos me mostraram que enquanto eu "morro", outros aprendem
Aprender o que é pisar nos outros para vencer

Eu que continuo aqui caindo e achando que estou aprendendo
Tive que procurar uma razão para viver, uma razão para sonhar
Eu saí me arrastando num sonho distante, sonho irreal
E pude conhecer o azul, o azul da cor do mar
Que refletiu as tristezas de quem nasceu marcado para sofrer, marcado para chorar
Mas eu aprendi que preciso encontrar um motivo para viver

Eu que sofro, tive que aprender a
Pelo menos não desistir e a perceber que na vida existe um motivo para admirar e
Ver que o azul, o azul da cor do mar junto com
O azul do imenso céu me espera todos os dias
Ter ânimo para sentar e juntar palavras que expressem a grandeza de meus sentimentos como
A grandeza do azul, do azul da cor do mar.