21.7.16

MORRI

Olhe bem para mim
Repare que ontem morri
E que hoje sou novo
Mas sou novo com os mesmos defeitos
Sou novo com os mesmos erros
Novo com os mesmos acertos

Repare bem quem me tornei
Repare que ontem me sepultei
E que hoje sou diferente
Mas diferentemente o mesmo de ontem
O mesmo cara novo de semanas atrás
A mesma pessoa cheia de falhas

Analise criteriosamente
E perceba que evolui consideravelmente
E que hoje sou radicalmente diferente
Mas sou o mesmo de meses atrás
E que o mesmo rapaz que me antecedia
É o mesmo que hoje fala de transformações.