10.7.16

DA JANELA

da janela
Da janela eu via uma majestosa montanha
Da janela eu via um belo cruzeiro no alto do morro
Da janela eu via uma vida simples e pacata
Da janela eu via as roupas coloridas
Da janela eu via como seria a minha vida se eu pudesse viver junto de meu povo.

7/7/16
Cachoeira, BA