CARTA PARA MIM: CONSIDERE-SE MORTO

By Tiago Ferreira - 13.7.18


Querido Tiago Lima,

Já faz um tempo que estamos ensaiando essas palavras na tentativa de escrever algo que não transmita dor e pesar, mas, pelo menos por agora, parece necessário iniciar essa carta portando o sentimento real de sofrimento que você nos proporcionou.

Desde que você decidiu se aventurar pelos caminhos da vida, deixou de lado diversas certezas para conseguir experimentar o desconhecido. Sua aventura custou caro. Trouxe para a nossa existência bastante peso e dezenas de marcas. Sabe, nunca conseguimos entender bem as razões do seu anseio pelo desconhecido. Carregamos as mesmas marcas e tormentas que você. Suas dores, são nossas dores. Suas lágrimas, são nossas lágrimas. Mas a sua vontade de caminhar pelo duvidoso, nunca foi nossa vontade.

Sabemos que você viu no sofrer a oportunidade certa de crescer, mas você já não grande o suficiente? Sempre foi diferente de todos nós. Carregando sua coragem para cima e para baixo como quem não temesse qualquer espécie de ameaça, você brilhava quando se deparava com o fracasso. Ainda são nítidas as imagens de você lutando contra seus medos e abraçando a vitória que sempre o esperava. Parece loucura dizer, mas você era o melhor que nós tínhamos para mostrar. Suas certezas norteavam seus passos e suas palavras costuravam as feridas que eram abertas pelos nossos inimigos. Naquele tempo - antes de você se transformar - sua visão perante ao mal era acreditar que tudo não passava de um sonho. Ainda parece real o seu estado de paz mediante ao caos do ontem e sua expectativa de paz perante ao pesadelo de hoje. Você levava todos nós com você e não nos tratava como se não passássemos de máscaras.

Funcionou trocar de caminho? Depois que fomos deixados de lado, buscamos o nosso crescimento. Sabíamos que você voltaria. Não tínhamos o poder de te trazer de volta, mas acreditávamos na sua premissa de crescimento. Sabíamos que o seu crescer estava na dor e não na ilusão de alegria que o caminho te apresentou. Sabe, assistimos de camarote todas as vezes que você caiu e chorávamos quando você pensava que tinha se levantado. Desde que você nos descartou, temos te assistido se rastejando pelo chão e bebendo o veneno que seus inimigos entregam. Nunca foi fácil prever seus passos. Sua inteligencia sempre te impediu de ficar cercado, sem opções, então não existia a possibilidade de saber qual seria sua próxima loucura. Deixamos você caminhar - já que essa era a unica opção - e ficamos esperando você voltar para conseguirmos retomar as rédias.

Agora é possível deixar que o sentimento de esperança ocupe o lugar da dor nas entrelinhas dessas palavras. Não temos o direito de te julgar, mas te consideramos culpado por ter nos fragmentado. Antes do seu egoismo, éramos um único inteiro. Antes da sua loucura, éramos fortes. Antes de você decidir cair fora e nos impedir de sermos um só, tínhamos o controle das feridas. Considerando todas as violações e traumas que você nos trouxe, tiramos o direito de você ser Tiago.

Para o nosso bem, decidimos extinguir sua existência. Sabíamos que você voltaria, mas não sabíamos que seria nesse estado. Te ajudar a recomeçar não serviria de nada. Você cavou a sepultura acreditando que enterraria todos nós, mas, querido Tiago, decidimos enterrar você. Leve para o seu tumulo todas as descobertas que você trouxe do mundo lá fora e deixe apenas a experiencia. Queremos ter conosco tudo que você viveu lá para não trilharmos esse caminho novamente. Desça para a sua sepultura em paz. Te perdoamos por ter nos tirado a chance de sermos durante esses anos, mas não te daremos uma nova chance.

Temos que voltar a viver do ponto em que você parou. Tudo que foi deixado aqui não parece Tiago. Como iremos nos comportar aqui dentro se você descaracterizou nosso lar?A sua bagunça parece completamente proposital. Depois que você conheceu a desilusão parece ter desenvolvido um certo apreço pela destruição. É completamente visível sua tentativa de autossabotagem. Só não sabemos como que você teve a audácia de utilizar a coragem para destruir sua própria morada. Você foi imaturo e mesquinho e merece ser descartado. Iremos enfrentar a visão daqueles que nos olham com a acusação. Somos além dos erros e além dos acertos. Somos além do ontem e somos inteiros no hoje. Suas marcas permanecerão aqui juntamente com todos os traumas que você provocou, mas sua loucura descerá para a sepultura junto com você.

A partir de agora considere-se morto, Tiago Lima.

Esperando que tudo fique bem,
Do porta voz,
Tiago Ferreira.

  • Compartilhe:

VEJA TAMBÉM ESSES DAQUI

0 comentários