UM EU DO PASSADO #2

DSC_0014

Não almejo ser melhor que ninguém,
mas minha busca é melhorar o que sou.
Não preciso provar o que sou,
só preciso estar em pé lutando pela minha vida.
O hoje.não precisa marcar mudanças,
mas as oscilações são propriedade das minhas escolhas.
A paz é bem vinda e a saúde também,
mas não dispenso a loucura do cotidiano e a doença corriqueira.
Escolher as palavras certas é um bom jeito de ser levado a sério,
mas vomitar as verdadeiras emoções me torna autentico.
O tempo me deu a habilidade de compartilhar o que sinto
e Deus tem me ajudado com as inspirações que até mim chegam.
Eu continuo ver o tempo passar e continuo mudando.
Eu não gosto de brigar com a vida,
mas a revolta é o início das grandes conquistas.

DSC_0021 DSC_0009 DSC_0012 DSC_0125

Essas capturas foram realizadas em 30 de junho de 2014 e o cenário foi um parque ecológico da cidade de Bragança Paulista, São Paulo, Brasil. Eu já havia postado algumas delas no Flickr e me lembro também que o Portal Jovens Historiadores (PJH) chegou a usá-las. Tenho que confessar que a Olívia Vieira - dona dessas imagens - melhorou muito seu desempenho como fotógrafa e eu, em modéstia parte, melhorei demais como modelo.

DSC_0160 DSC_0158 DSC_0159

Essa brincadeira, por enquanto, termina por aqui. Me diverti muito resgatante essas fotografias e agradeço a fotógrafa por ter me concedido acesso a estas imagens. Reconheço que muita coisa mudou e aconteceu, e admito que as mudanças são importantes na vida de todos nós.