3.11.16

COLOCA A CULPA NO NEGUINHO


A culpa de fato é minha
Por ter me pintado de preto
De trazer na pele
Marcas do preconceito

A culpa de fato é minha
Por ter sido discriminado
Pelo meu cabelo duro
E tom de pele mais escuro

A culpa de fato é minha
Por ser a minoria maior
Que na condição da vida
Vive o pior

A culpa de fato é minha
Por viver a minha vida
Sem me separar por cor
Segurando firme a minha dor

A culpa de fato é minha
Que acreditei ser livre
De poder ir e vir
De ser o senhor da minha vida