5.11.16

CRIADO PELA PERSEVERANÇA



As vezes não tenho como seguir
Mas tenho sonhos para perseguir
Sem ânimo e mergulhado no cansaço
Escrevendo tristezas e lutas
Sem qualquer possibilidade de vitória
Escrevendo minhas próprias histórias
Eu persisto para não somente existir
Meus planos se frustraram
Mas minha vontade de vencer
Insiste em me manter em pé
Com a cara no sol
A mente no alvo
Todo dia sou alvejado pela desesperança
Choro feito criança quando a batalha aperta
E minha única saída é ser baleado
Pela exaustiva tentativa de defender a esperança
É que continuo em pé sem resistir
Sorrindo sem ter porque sorrir
Caminhando pela brasa
Sonhando e perseguindo sonhos
Sou eu filho da perseguição
Criado pela perseverança