3.11.15

JANELAS

Uma foto publicada por Tiago Lima (@cajuzice) em

Janelas: iluminadas pela luz da manhã no novo dia que nasce.
Luzeiro: portas de entrada de toda a esperança perdida no dia anterior.
Lumes: despejam água quando a alma necessita de uma limpeza involuntária.
Olhos: azul do céu, que sobre mim existe, quando externalizei as verdadeiras razões de eu viver, me devolveu uma imensidão que talvez esteja relacionada a uma nova maneira de ver.