21.1.16

VEJO O SEMBLANTE DE AMARGURA

Vejo o semblante de amargura

Caí, quebrei-me, machuquei-me, sofri, chorei e pensei que me perderia em tanta desgraça. Eu esperei encontrar ajuda, mas tudo que chegou até mim foram palavras, apenas palavras. Vi as pessoas mais importantes da minha vida lacrimejando e temendo a duração prolongada da derrota. Não conseguia sequer pensar no amanhã de forma positiva e pedia para a tristeza não fazer sua visita diária. Ainda saboreio o resto de força adquirido com muito suor através de uma esperança passareira. Estou em pé ainda, mas lutando contra o clima de fracasso e a notória e crescente tristeza presente no olhar daqueles que já deixaram a esperança para trás.

HEY! O sol continua brilhando lá fora!

O caminho está nublado e a caminhada está frustrada, mas não temos que parar. Estou tentando me esgueirar do poço escuro. Não tenho que esconder a atual situação. Não quero manter as falsas aparências. Estou escondido dos lobos, volteei os olhares de prazer, saí do foco do inimigo e fui para longe daqueles que agora aproveitam esse momento difícil para sorrir. Não me sinto com tanta força, porém ainda estou em pé.

HEY! Ainda dá para fugir da tristeza!

Fracassado é aquele que não consegue sentir a camaradagem e não sente a necessidade de se mexer. A alegria foi levada pela insegurança e todas as respostas foram sopradas para longe. As palavras não são em vão, mas um abraço valeria mais do que qualquer coisa. As palavras não são em vão, mas o silêncio seria o remédio para a presença de tanto malogro. O segredo para assistir tudo passar é continuar em pé e resistir o fitar do inimigo que já está ansioso para nos colocar na cova. Não estou pronto para dar um largo sorriso e não tenho motivos para uma dancinha da vitória, mas estou respirando e sei que minhas pernas aguentam mais uma longa caminhada. Ouço o choro de quem amo e vejo o semblante de amargura daqueles que já questionam sua existência, porém acredito que essa situação está prestes a terminar...

HEY! Deixe de julgar e faça uma visita para aqueles que não estão tão bem quanto você!