8.3.16

DORES

Dores

De vez em quando escrevo sem motivo...

Simplesmente escrevo sem ter sido submetido a fortes emoções 
Mas escrevo tristeza: genuína e pura tristeza
É nas palavras que as lembranças se solidificam em dores recentes... 

Logo depois de ter escrito o que parece ser um desabafo, leio. 
Tento encontrar os porquês de reviver o que passou... 
Eu busquei a tristeza ou ela me encontrou? 
De onde me veio lembranças tão ruins? 
Serei eu composto somente por marcas e cicatrizes 
Ou faz parte da vida sofrer com “dores já medicadas”?