CUIDADO

Não pense que sou bobo
Abra bem seu olho
Quando decidir
Esnobar de mim

Assim como eu tome cuidado
Não saia por aí
Pisando em qualquer calo

A trama é cheia de armadilhas

Não pense que está por cima
Pois cada dia
É cada dia

Essa geração - por vezes-
É muito superficial
Que confiar em alguém
É quase uma armadilha mortal

Fique atento e tome cuidado
Pois seu próprio descuidado
Decretará seu fim
Se seu cuidado for pouco
Pense bem e seja mais cauteloso.