PARALELO (I)

PARÁGRAFO 1
  DSC_0190

Parece que estou me esquecendo de todas as vezes que me senti fraco quando lidava com sentimentos pesados. Eu não cometi erros que me fazem sentir arrependimento e jamais consegui ser uma farsa por muito tempo. Hoje parei de tentar ser o que não era, mas ainda sou julgado por ter conseguido cair dezenas de vezes. Eu não sei ao certo quem tentou transformar minha vida num jogo criando regras severas e impiedosas que, por diversas vezes, frustraram minha mera existência, mas hoje não existem ditadores ao meu lado. Já me senti tão diferente de todos que já me calei tantas vezes por não me aceitar como era. Eu sou pecador e não preciso ser tratado como um santo. Eu sou pequeno e preciso ser visto como "gente grande". (...)

Essa postagem está vinculada a série fotográfica "A Natureza Viva em Transformação". Clique nos links a seguir para conferir as postagens da série: