24.9.16

CICLO


Mais um ciclo quase se encerra
Enquanto eu sigo e deixo de seguir
A vida não parou
O céu ficou escuro
O céu ficou azul
Eu ainda não sou imortal
Sou passageiro como os dias
Que terminam e ficam para trás
Eu me escondi por vezes
Atrás das mesmas máscaras
Mas surgi florido e único
Ao final de cada ciclo
Ao nascer de cada nova possibilidade de vida
O mundo me viu crescer
O mundo me ignorou crescer
Sou eu hoje e amanhã
Com novas histórias
Novas conquistas e vitórias
Sou eu o percursor da minha vida