24.9.16

SEUS 18 ANOS


Escreve, rabisca, apaga e amaça. E foi assim que passei horas tentando escrever pra você…

Eu não sei por onde começar, eu quero, de alguma forma, te presentear mostrando o que você é para mim e, tenha certeza, nem um livro seria capaz de comportar a importância da sua pessoa na minha vida.

A gente se conheceu por acaso, eu decidi de repente mudar de colégio e cai na sua sala, a principio não fomos um com a cara do outro, você se lembra? Mas quando é pra acontecer, acontece! Somos amigos há um e meio, parece pouco tempo, mas nessa caminhada, vivemos coisas incríveis, posso dizer que nunca ri tanto, como ria ao seu lado. As pequenas coisas se tornavam gigantescas quando estávamos juntos. É uma amizade sincera, não agimos na falsidade em momento algum, colocamos na mesa tudo o que não gostamos, fazemos as criticas necessárias, enfim, jogamos limpo. 

E se há 18 anos, não tivesse nascido você, hoje eu não estaria aqui, escrevendo de todo o meu coração, para um amigo que na minha vida já se tornou essencial. São 18 anos de uma caminhada muito bela, cheias de histórias para contar, fatos surpreendentes, gestos carinhosos, trabalhos voluntários, ajuda a comunidade… Consegue ver a sua importância no mundo?

A partir de hoje, você não precisa mudar, mas a sua vida começa tomar outro rumo, você esta se tornando um homem, é livre nas suas escolhas e hoje, responde pelos seus atos. Quero que a partir de agora, você vise ainda mais um futuro, mais do que sempre. Quero que batalhe para um dia estar assistindo televisão e falar “Nossa, esse é meu amigo!”, porque eu sei que você vai conseguir e vai entrar na emissora que sonha. Todos os seus sonhos vão virar realidade, todos os necessários, porque eu sei que você não desiste e sempre vai batalhar por eles. Existe uma caminhada fantástica ai pela frente e sei que você vai ser um homem de sucesso!

Enfim, deixo aqui os meus parabéns e todo aquele clichê: tudo de bom na sua vida, que você continue sempre sendo a pessoa maravilhosa que é…

Feliz aniversário!

De: Raissa Alcântara

Para: Victor Vieira

10/01/2014