3.9.16

REPETIÇÃO


Não sei exatamente por onde começar
Mas são tantos problemas que acontecem de uma só vez
Que passei a viver numa rotina estranha de evitar pensar
De evitar refletir, de evitar analisar

São tantas as tragédias, acontecimentos estranhos e marcos sentimentais
Que deixei de lado a minha estranha forma criteriosa de pensar

Perdido e preocupado e vivendo a cada dia um novo problema
Deixei de tentar desfazer nós e de arrumar explicações
Eu só vivo cada novo problema

Sem grandes mudanças

Sem complicadas perspectivas

A vida não me deixou de ser encantada
Mas eu perdi meu encanto
Tanto é que hoje qualquer decepção já não é novidade
É somente uma música repetida

Dessa playlist de músicas esquisitas e sofridas que é a vida
Eu retirei o meu pendrive.